quarta-feira, 21 de março de 2018

O valor de uma vida

O valor de uma vida

Na praia a menina 
achou uma concha, 
conchinha lindinha, 
de arrepiar

No dia seguinte, 
as suas amigas 
daquela conchinha 
iriam gostar.

Mas dentro da concha
havia um bichinho, 
vivo, vivinho, 
a respirar.

"Se eu levo essa concha", 
pensou a menina, 
"avida do bicho 
vai se acabar".

"Se eu levo essa concha
o bicho não vive, 
mas minhas amigas 
vão me elogiar".

SEPENTZOGLOU, Árthemis, Alessandra L. F. Poesia: a rima no trabalho com a linguagem.
In: ROSSETI-FERREIRA,  Maria clotilde. Os fazeres na educação infantil. São Paulo: Cortez, 2009. p. 98.